Nós normalmente sabemos o que queremos, o que gostamos, ou seja como é casa dos nossos sonhos. Aconchegante, hitech, prática, clean, ou tudo isto. O problema é planejar o que e como colocar cada coisa, utilizar os espaços. E ainda, onde encontrar os produtos, e também as lojas que oferecem as marcas adequadas. Definir a tinta da parede, o piso, o sofá, aprovar o desenho do móvel da sala. É coisa para profissional, gente que se especializou nisto, que faz todo dia. Um decorador ou designer de interiores.Tentar fazer sozinho, sem um consultor deste tipo é errar para aprender.

vitor

“O profissional de decoração consegue ler com facilidade os anseios dos clientes e, com isso, transformar em realidade o que antes era um sonho. Diz Vitor, da Cipriano Martinelli – arquitetura e urbanismo.

“Com a contratação do Designer de Interiores e um bom diálogo com o profissional, o cliente amplia sua busca pessoal por um melhor espaço para viver e receber.

O Designer de Interiores  está preparado para apresentar  soluções criativas que tornarão o espaço belo, harmonioso e equilibrado, sem perder o fio da funcionalidade, o que é necessário para quem busca conforto, praticidade e satisfação de conviver com peças de design original, contemporâneo ou mesmo unindo o velho e o novo com um toque especial de “mestre”. É o que pensa Sonia Telles, designer de interiores.

IMG_5916“A vantagem de se contratar um profissional é fazer com que o seu sonho e o seu gosto para sua casa, seja feito da melhor forma possível, com a orientação técnica, equilíbrio estético e uma boa previsão orçamentária.” Max Mello, Arquiteto

Mas aí vem a primeira medida (e dificuldade) que é escolher o profissional. Para começar, troque idéias com amigos que já recorreram a arquitetos e decoradores. Outra dica é consultar revistas especializadas e visitar mostras de decoração. O comércio especializado também é uma grande fonte de consulta, visite lojas e shoppings exclusivos de decoração, eles conhecem todos os profissionais mais atuantes, além de você tomar contato com os produtos. Isto tudo abre os horizontes do design, lhe permite materializar seus desejos e facilitará sua conversa com o profissional. Neste ponto você pode escolher o designer de interior considerando sua competência, além de sua afinidade estética e empatia. As o profissional aparece muito em revistas ou colunas sociais, como se estivesse na moda. Verifique que clientes o contrataram mais de uma vez, está análise é muito importante.

Por fim, entenda claramente o papel deste seu consultor. Você precisa saber quem faz o que em sua obra.

Outro ponto importante é saber usar as lojas de decoração. Hoje o mercado evoluiu criando especialistas, em iluminação, cozinhas, banheiros, som, etc. São empresas que possuem profissionais muito especializados em cada segmento. Explique para seu decorador que você prefere ter as coisas personalizadas e projetadas por especialistas do que o conforto de encontrar tudo em um lugar só. E entenda que o arquiteto ou decorador deve ser o maestro disto tudo, pois o resultado final é de sua inteira responsabilidade.

O investimento em decorar sua casa é de retorno rápido e vantajoso, pois começa logo que cada coisa fica pronta e dura todos os dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *